30 maio, 2006

A Vida é Pra Doer

A vida é pra se machucar. Você está na chuva. Pode até não querer se molhar, mas as gotas estarão caindo sobre você. Óbvio. Não adianta guarda-chuva, nem capa ou sobretudo. Você vai se molhar. É inevitável. Estamos aqui para sentir dor. Não sei porque rimam amor com dor, como se fossem coisas opostas. Não são opostos e não se separam. Nem amor, nem alegria, nem felicidade. Nem mesmo o prazer é oposto da dor. Para a dor não há antônimo. A dor é essência e prova de que a vida é vida. Porque se for vida, é mesmo pra doer.

<$BlogItemCommentsCount$> Comentários:

Anonymous Anónimo disse...

é isso, amor!
tá lindo, tá mais visceral.
lembra que eu disse sobre visceral? tá!
e dói, dói sim, é do que eu falo sobre a felicidade que se pode suportar, sabe?
é de assim:
te amo tanto que chega dói.
;***
[todos os beijos do mundo!]

mari

31/5/06 23:24  
Anonymous renata disse...

dói muito...
.........................................................................................................................................................................................................................................adorei!

31/5/06 23:38  
Blogger Marcela Bertoletti disse...

Acho q vc tem toda razão.
E amar doi, algumas vezes por demais.

bjs

4/6/06 02:05  
Anonymous alo disse...

alegria passageira, alegria bobeira, alegria inteira, primeira palmeira, alegria tonta de vermelho fucsia. sem acento de novo.

amigo, tua casa e linda. tuas piramedes circulares ultrajantes numa batida de doer. concordo com este texto. concordo com as ideias. a vida e mesmo doida. sem acento. porque pra afirmar a existencia nenhuma alegria valoriza o existir. so a dor, sem acento.

abra;o

7/6/06 13:12  

Enviar um comentário

<< Home